quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Dê sangue, ámen!





O governo português, liderado pelo social-democrata Miguel Relvas - não se confundam, social-democrata porque pertence ao PSD e não porque, nalgum momento, tenha prosseguido a ideologia -, encontra-se, há muito, demissionário. Isto porque a forma como têm tentado resolver os problemas dos portugueses que os elegeram é através da sugestão da emigração.

Mais recentemente, todavia, abandonaram mesmo esta patética política e passaram, simplesmente, a confiar na intervenção divina. E, então, foi ver Assunção Cristas (ministra da Agricultura, do Ambiente e de mais uma série de pastas cuja totalidade não consigo agora recordar) a dizer que tem fé que os problemas de ordem natural que afectam a agricultura portuguesa se resolvam e Duarte Marques (consultor - pois....-, líder da JSD e, se tudo correr bem, futuro primeiro-ministro de Portugal) a apelar, novamente, à fé (católica, supõe-se) para a resolução do problema do desemprego.


Desta vez, foram os responsáveis pelo Instituto Português do Sangue que, perante a contracção nas dádivas, motivada, certamente, pela decisão dos irresponsáveis pelo governo deste país de acabar com a isenção nas taxas moderadoras hospitalares para os dadores, a apelar às boas graças da divina providência, desta vez através dos seus representantes terrenos. Assim, em situação de quebra grave nos stocks, o IPS está preparado para, em conjunto com o clero português, apelar à doação de sangue nas missas.

Que bela ideia, não vos parece? É que tendo em conta que a idade máxima para efectuar a primeira doação de sangue é a de 60 anos e pensando na idade média das pessoas que frequentam, habitualmente, as igrejas deste país, devem conseguir inúmeros novos candidatos!


PS: e não nos devemos esquecer que, ainda não há um ano, andavam os irresponsáveis do Ministério da Saúde e do IPS a papaguear alarvidades sobre as restrições na aceitação de sangue de dadores homossexuais.

2 comentários:

  1. Não fazia ideia que tinhas um blog, Manel!

    Gostei bastante, e vou começar a seguir =)

    ResponderEliminar