quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Radicalismos.

Eu só pergunto se é justo que o Banco Central Europeu empreste dinheiro aos bancos a uma taxa de juros de menos de 2% para depois estas instituições concederem empréstimos aos Estados a taxas de 5%, 6% e 7%?

Tudo em nome da "estabilidade do sistema financeiro". Qual estabilidade? Afinal a quem serve esta situação?

E, depois, radical é a esquerda quando critica estas situações...


Apetece-me gritar: NACIONALIZAÇÕES, JÁ!!!

5 comentários:

  1. E os bancos também fazem descontos nos juros a alguns países em relação a outros. Porque será...

    ResponderEliminar
  2. O povo é sereno.

    Gosto destas caixas brancas. Não mexe mais!

    ResponderEliminar
  3. A avaliar pelo desempenho do BPN, não sei o que beneficiamos com nacionalizações... =/

    Cat

    P.S. O fundo do blog está fofinho =)

    ResponderEliminar
  4. Ah, mas é que eu sou completamente contrário à nacionalização do BPN. Considero é que os milhões de euros de lucros de bancos como o BPI, BES, BCP e CGD devem estar ao serviço do povo. Agora, andar a nacionalizar para salvar os investimentos daqueles que mais têm é que me parece completamente tonto....

    ResponderEliminar
  5. Supostamente os da CGD estariam, mas isto do papel para a prática vai um estranho e sinuoso caminho... Quanto aos demais, uma redução naquelas taxas malucas que eles nos exigem seria já um bom começo.

    Cat

    ResponderEliminar