sábado, 19 de junho de 2010

Amnistia Internacional na Marcha!




Se a Marcha do Orgulho LGBT fosse uma coisa pouco digna, uma ONG com a credibilidade da Amnistia Internacional participaria? Não me parece!


"Hoje celebramos o Orgulho LGBT. E em Portugal até temos alguns bons motivos para o fazer. O panorama internacional é, contudo, negro no que toca à protecção das minorias sexuais: na maior parte dos países do mundo não existe legislação anti-discriminação, num grupo alargado de nações, o Estado proíbe a homossexualidade e 7 países respondem com a pena de morte às manifestações de amor minoritárias.


Mesmo na EU, um bastião da democracia e liberdade, há países em que não existe liberdade e segurança para organizar este tipo de manifestações.

Há quase 20 anos que a AI trabalha sobre a violação dos direitos humanos de pessoas com orientações sexuais ou identidades de género minoritárias. A nossa posição é muito clara neste ponto: qualquer pessoa, seja qual for a sua orientação sexual ou identidade de género, deve usufruir de todos os direitos humanos.

O nosso orgulho fica manchado quando não utilizamos a voz que nos é dada, a possibilidade e a liberdade de nos manifestarmos para lutar contra a crueldade de que são vítimas gays e lésbicas por todo o mundo.

Não sejamos cúmplices, através da nossa inacção, da morte, tortura e aprisionamento de pessoas cujo único crime foi manifestarem uma diferente forma de amar.

Porque podíamos ser nós, não abandonemos as populações LGBT de países como o Irão, a Arábia Saudita, a Mauritânia ou o Sudão à crueldade dos respectivos estados.

Não os deixemos sozinhos! "


Não acham tudo isto justo e digno?

Sem comentários:

Enviar um comentário