quarta-feira, 19 de maio de 2010

Direcção: adopção.






Enganei-me redondamente. Imaginei (sinceramente nem concebi outra hipótese) que Cavaco Silva vetaria o diploma, em sombra para dúvidas, sem pensar duas vezes. Pensei que tudo faria para impedir para que Portugal continuasse a trilhar o caminho em prol da liberdade e da igualdade. Deu a desculpa da economia, da perda de tempo e do facto de, com toda a probabilidade, o diploma lhe chegar novamente em condições em que estaria, constitucionalmente, obrigado a promulgar, e promulgou.



A direita mais reaccionária não lhe perdoará. Duas ou três criaturas da "Plataforma Cidadania e Casamento" já vieram criticar de forma contundente a atitude de Cavaco, dizendo que ficará para a história como o "PR que promulgou o casamento homossexual e o aborto". E muito terá custado a Cavaco. Custo meramente pessoal, porque os votos, esses estão absolutamente garantidos. Nas próximas eleições, e contra Manuel Alegre, todo este "mundilho" de preconceituosos e reaccionários vai engolir mais um sapo e votar pela reeleição do actual Presidente da República.



A luta, agora, é pela adopção. Será uma batalha muito mais difícil já que contamos, unicamente, com um apoio partidário: o Bloco de Esquerda e teremos de levantar barricadas contra o próprio PS. Veremos como se comportam, agora, as associações lgbt portuguesas que alinharam com os socialistas e decidiram abdicar da luta pela igualdade plena. Que farão, agora? provavelmente irão dar algum tempo (dois anos...mais?) para permitir a "absorção" da actual medida, iniciando, depois, timidamente, a campanha pelo alargamento da adopção a casais de PMS. Contem, todavia, ser acossados por todos aqueles activistas que viram sempre este diploma como algo de positivo, mas de menor, de certa forma ainda humilhante e homófobo...



Ainda assim, celebrou-se uma vitória de todos os portugueses. Uma vitória conta a homofobia, contra o preconceito e contra todas as formas de discriminação em geral. Toda a população LGB tem uma garantia de que as suas lutas são justas e terão, inevitavelmente, sucesso: essa garantia é o facto de ser o amor aquilo que nos move.



Parabéns!

2 comentários:

  1. A Península Ibérica fica mais bonita com aquele azul escuro! :D

    ResponderEliminar
  2. Então agora é continuar a imitar os nossos queridos irmãos espanhóis! Adopção, here we go!

    ResponderEliminar