terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Acabou a "alfabetização" de Marcelo?



Foi, ontem, anunciado o fim do espaço de comentário político de Marcelo Rebelo de Sousa na RTP1. A desculpa dada foi a de que o programa teria de terminar visto que o de António Vitorino também iria chegar ao fim, sendo necessário cumprir a "representação plural do campo político-partidário". Ninguém acredita, obviamente, que esta foi a razão que determinou o fim d'"As Escolhas de Marcelo". Como afirmou o Professor, bastaria que substituíssem António Vitorino por outro qualquer socialista para que o comentador social-democrata mantivesse o seu espaço.

Marcelo prefere manter-se na RTP1. Sabe que a sua presença na televisão pública lhe garante audiência e credibilidade (é esta última vertente que faz com que não saia a correr para a TVI). A RTP1 «está a "pensar num modelo novo" de comentário que seja "plural ao nível do pensamento político"» e não excluem a inclusão do ex-líder do PSD no mesmo.

Com certeza não consideram que Marcelo irá aceitar partilhar o seu momento de nos "instruir" no que toca à realidade nacional com outra(s) cabeça(s) pensante(s)...

Sem comentários:

Enviar um comentário