sábado, 19 de dezembro de 2009

Estiveste mal Chiquinho....



Hoje, o líder do BE afirmou que a aprovação de uma lei da identidade de género ou relativa à eutanásia não são prioridades para o partido. Disse Louçã que são temas que terão o seu espaço de discussão na sociedade e no partido, mas que, de momento, o Bloco se encontra mais centrado nas questões do Orçamento de Estado e do desemprego.

Não questiono que são questões importantíssimas. Logicamente que um partido com a representatividade parlamentar do BE terá de, neste momento, lhes dar primazia. Agora, fica é bastante mal a Louçã afirmar que os temas da eutanásia e da identidade de género ainda não poderão ser discutidos num "futuro próximo", tendo de esperar alguns anos.

Habituámo-nos a ver no bloquistas os paladinos da igualdade e do progressismo social no nosso país. Louçã parece, neste momento, querer afastar-se dessa vertente que marcou a ascensão inicial do Bloco, pretendendo "normalizar" e integrar o partido no "sistema".
Assim, que espaço poderá, no futuro, ter o BE?

Sem comentários:

Enviar um comentário