quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Congratulemo-nos!

Isaltino Morais foi condenado, em 1ª Instância, a uma pena de prisão (efectiva!) de 7 anos. É caso para rejubilarmos! É certo que se trata de um passo pequeno, ainda haverá lugar, pelo menos, a dois recursos de que Isaltino não irá, com certeza, prescindir. Contudo, não se deve negar a importância desta condenação, por aquilo que demonstra em termos da coragem da magistratura que não cede a pressões e do afastamento da impunidade dos poderosos. O eterno cacique de Oeiras sai muito manchado deste caso e, de todos os quadrantes, ouve críticas à suia recandidatura a Oeiras. Esta condenação não o fará, com toda a probabilidade, perder as eleições, mas abala profundamente o sistema criminoso em que corruptos e corrompidos saíam impunes!

Sem comentários:

Enviar um comentário